A cerveja é responsável

À um ano, tinhamos esta notícia no Público:

O Governo tinha anunciado o aumento para os 18 anos da proibição da venda e consumo de bebidas alcoólicas. Afinal, é só para as bebidas espirituosas, mantendo-se nos 16 anos a idade mínima legal para a compra de vinho e cerveja, a bebida mais consumida nestas faixas etárias. Os especialistas criticam o recuo, que só deixou os produtores de cerveja satisfeitos.

(…)

O hepatologista Fernando Ramalho considera que, desta forma, o Governo não está interessado em proteger a saúde dos portugueses. “Sou frontalmente contra isso. É o diploma mais ridículo que já vi. O álcool é todo igual, seja vinho, cerveja ou outra coisa”, indigna-se o responsável da unidade de hepatologia do Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

(…)

No início deste mês, o secretário de Estado adjunto da Saúde, Fernando Leal da Costa, confirmou ao PÚBLICO que a nova lei do álcool previa o aumento para os 18 anos da idade legal para venda e consumo de álcool, sem fazer qualquer referência a um tratamento diferenciado entre bebidas.

(…)

O presidente da Associação de Produtores de Cerveja, Pires de Lima, que é também presidente do conselho nacional do CDS-PP [nota: É o actual ministro da Economia], insurgiu-se de imediato contra a proposta “proibicionista”. O CDS-PP parecia demarcar-se do parceiro de coligação no avanço destas medidas. E quando, recentemente, os especialistas responsáveis pela elaboração do plano nacional de prevenção do suicídio defenderam novos limites à venda de álcool, Pires de Lima voltou a qualificar a proposta como “completamente disparatada”.

É um lei portuguesa, com certeza.É, com certeza, uma lei portuguesa!

1 Comment

Filed under Negócios à Portuguesa

One Response to A cerveja é responsável

  1. Maria

    LOL! Mais uma vez demonstrada a total falta de ética do governo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *