Depois de provocado o caos, a culpa é dos outros

Porque a culpa não pode ser da destruição do serviço público, não:

O deputado do PSD Miguel Santos considerou, esta terça-feira, que o bastonário da Ordem dos Médicos perdeu a independência e a credibilidade, acusando José Manuel Silva de confundir “a sua agenda política” com as funções que exerce.

(…)

“Lamentamos profundamente a forma como o bastonário da Ordem dos Médicos exerce as suas funções, não adotando uma posição institucional respeitável. Devia procurar os consensos em vez de optar por uma linguagem panfletária”, declarou.

1 Comment

Filed under "Liberais" a funcionar, Guerra de Classes

One Response to Depois de provocado o caos, a culpa é dos outros

  1. Maria José

    Perfeitamente lamentável!
    Mas enquanto a culpa é dos outros, não temos que nos responsabilizar pelos nossos actos… Pena é que em vez de aproveitarem as críticas para construir/reconstruir algo, resolvam sentir-se ofendidos no umbiguinho, sem resolver absolutamente nada…!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *